Quem sou eu

Minha foto

Escritora e Poetisa amante da natureza

UMA FOTO EM PRETO E BRANCO

05/01/2012

APRISIONADO



APRISIONADO

Quando a chuva vem caindo
Formando aquela cortina
Lembro teu sorriso lindo
Me vejo na tua retina!

Lembro da blusa encharcada
A me mostrar dois botões
Uma escultura talhada
Para matar corações!

Tua pele cintilava
No brilho dos pingos d’água
Limpando toda minh’alma
De dor, de medo ou de mágoa!

Teu corpo delineado
Quis me oferecer guarida
Por ti fui aprisionado
... E em ti serei... Toda a vida!


Ineifran Varão

05JAN2012





Nenhum comentário:

A FLOR QUE EU ENCONTREI (Flor da Lua).

Seguidores, nao! sabedores, sim!

Google+ Followers