Quem sou eu

Minha foto

Escritora e Poetisa amante da natureza

UMA FOTO EM PRETO E BRANCO

09/04/2012

POIS É.



Não sou cabra de mangar.
Não sou pau de carga.
E nem batedor de pilão.
E nem vim de tão longe sem não poder dizer.
É maluquinha, nariz em pé e gosta de mandar.
Mas o que a de se fazer.
Cada um com seu cada um.
Se a pinga não fosse destilada.
A rapadura não tivesse ponto.
Seria para ela toda minha gratidão.
Essa pequena criatura que na lua se eterniza.
Fazenda grande o meu coração.
O meu prego já bati.
A estopa e que ainda não Preguei.
Lua nesse grotesco palavrear.
Gostaria de poder me afirmar.
Mova se pedra, rios que saiam dos leitos.
Minha amizade é única.
Assim como minha língua em sorteio.
E para não me aperrear.
Quero logo lhe homenagear.
Antes que o sol se ponha.
E você venha a se despontar.
Por esse tempo que nos conhecemos.
Se o queijo rolar a ladeira.
Claro que é meu.
Peguei primeiro.
JC.

19 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Lua.
Você esta dando margem para que a briga com o meu desafeto comece novamente.
Sei que quando ele ler o que você postou, não vai gostar.
Agora, lhe agradeço tamanha amizade.
Beijos.
Apegaua.

Anônimo disse...

Justificando se os meios,,,

Poema ou Frase Poema Clássico Artigo Livro Download
Utilidades
Rimador Criador de PDF Galeria Downloads
Consultar
Novidades Poetas Integração Aniversários
Outros
Ajuda Contacto Mapa Divulgue-nos
Quem está em linha
81 visitantes online (68 na seção: Poemas e Frases)

Lusuários: 3
Leitores: 78

CarlosTeixeiraLuis, apegaua, mim, mais...

Licença
Licença Creative Commons
Proteção anti-cópia
Protejendo os seus poemas com Tynt



O fim só Deus provera,,,
Se eu fosse.
O começo do seu fim.
Teria pena de mim.
Por chegar atrasado.
E nem conseguir sentir no ar.
Esse seu cheiro gostoso.
Que já me é peculiar.
Pois quando se aconchega em meus braços.
Tenho nem tempo de reclamar.
Por isso minha querida.
Sinto-me no começo.
O fim.
Só a Deus pertencerá,,,
AP.

Anônimo disse...

Palavras direto para o seu coração.
Ta lá escrito e foi você que escreveu,,,

Tantos beijos mandados.
E passo as mãos pelo rosto.
E não sinto as marcas que deixou.
Por isso.
De agora em diante.
Para que se firme o carmim.
Venha me beijar ao vivo.
Pois só assim.
Mato de uma só vez.
Toda vontade acumulada.
Em um só coração.
JC.

Anônimo disse...

Sou assim.
Não mato cachorro a grito.
Nem dou murro emponta de faca.
Temente a Deus e sedutor.
Cabra macho e destemido.
Cheiroso e respeitador.
Se a amizade for o mito.
Pode me chamar que vou.
Mas não pise nos meus calos.
Sem não correr de marimbondo , vespas e sangrador.
Mas se souber me levar.
Vigi meu padim Cícero.
Leva o chapéu, o baio e a boiada.
Pois não canso de dizer.
Só pela educação.
E que se harmoniza.
Corpo e alma.
JC.

♫*Isa Mar disse...

Oi Luna, uma bela construção poética.
Vim lhe desejar uma ótima semana, beijos

Anônimo disse...

Uma ótima semana, com bastante luz,,,
Vadiando,,,
Chego meio ressabiado.
Olhando para todos os lados..
Sabe como é mulher.
Não vem com endereço na testa.
E nem com código de barra.
A que se tomar cuidado, pois na balada.
Por traz pode haver um dono.
Mas se nada disso acontecer.
E for mesmo.
Um descuido de percurso.
Caio logo na gandaia.
Pois fico avexado.
Quando vejo uma mulher vadiando.
Sem dono.
JC.

Anônimo disse...

Pois é né.
A que se ter muita cara de pau.
Para se escrever essas palavras.
Mas inspiração tem que se respeitar.

Se me chamar eu vou,,,
Se ti chamo não vens.
Enrrole me se desculpando pelo não.
Fico zangado, mas por ti gostar logo vem o sorriso.
E rio de mim mesmo.
Um cabra da peste.
Que pelo um rabo de saia.
Perde um boi mais não investe a boiada.
Mão aberta e generoso.
Temente a Deus e sedutor.
Mas o aviso deixo editado.
Não existe homem mais respeitador.
E no meu terreno marcado.
Que se prendam as cabras.
Por que o bode chegou.
E que não se suspendam as saias.
Por que senão nem precisam me chamar.
Que vou,,,
Apegaua.

Anônimo disse...

Quando vem caindo à noitinha.
Com a passarada todinha.
Indo pros seus galhos repousar.
E que na curva da trilha.
Encontro-me com ela a despontar.
E sabe como são pensamentos.
Invade sem nem avisar.
Não traz censura e nem documentos.
Ai me pego a imaginar.
De cara pro vento.
Olhando prá lua.
Sem nem ter o que falar.
JC.

Anônimo disse...

Pois é né,,,
Repetição,
Se eu fosse um passarinho. Voaria para o galho mais alto.
Só para ti cantar.
E encheria de carinho na voz.
Só para ti aconchegar.
E bem baixinho só para os seus ouvidos escutassem.
Trilharia num canto inacabado.
Complicado e enamorado.
Só para você dizer.
- Querido queira repetir.
Por favor.
Não entendi,,,
JC

Luna Di Primo disse...

isso ta mais parecendo site portugues rsrs aiai so tenho amigo maluco... mas por serem malucos que gosto deles... bjuu

Luna Di Primo disse...

ahhhhhhh daonde tirou isso... esse pode ser desses sites de relacionamento 'cantinho do coração' rsrs... bjuuu

Luna Di Primo disse...

unhum... bjuuu

Luna Di Primo disse...

eu ia escrever aqui: mas é cara de pau...

Luna Di Primo disse...

aaaaaaaaaaffffffffff de machista nao tem nada né?

Luna Di Primo disse...

uma bela cena...

Luna Di Primo disse...

eu li isso em algum lugar... cuidado com os moleques estilingueiros... bjuuu

Anônimo disse...

Quem manda no pedaço,,,
Vai diga que me quer.
Anda, diga que me ama.
Pra só assim tirar o chapéu.
E andar com a cabeça erguida.
O nariz em PE e nos pensamentos.
_ Pois é.
Sou bom mesmo.
E essa mulher me quer.
E só de pirraça.
Passo pelo seu portão.
Para me impor.
Aproveito, marco o terreiro.
Só para ela ver.
Quem canta de galo.
JC.

Anônimo disse...

Exploradores miseráveis.
Por quererem aniquilar a paixão.
Avassaladores.
Que com ódio nos mostra a ingratidão.
Deixem passar com a minha dor.
Não suporto mais ouvir seus dissabores.
Senhora segreda Dora dos me intentos.
Musa das minhas decepções.
Digo-lhe com pureza de alma.
Gosta-se só um tico de mim.
Assim com o muito de nos dois.
Juntaremos nossos trastes.
Mundo a fora sem direção.
E onde nossos corações convierem.
Edificaremos raízes sólidas.
E levantaremos o marco do nosso sucesso.
Para que se leiam as gerações futuras.
Aqui foram felizes.
Por acrescentarem amor as suas mágoas,,,
JC.

auaraa disse...

Nossa.
Quanta pretensão.

Que baita de sonho.
O danado foi tão grande.
Que transbordou.
O realisar.

sabedores

Google+ Followers

ACADÊMICA

ACADÊMICA

MULHERES QUE TECEM O MUNDO

MULHERES QUE TECEM O MUNDO

LIDERANÇA PELA PAZ

LIDERANÇA PELA PAZ

A FLOR QUE EU ENCONTREI (Flor da Lua).