Quem sou eu

Minha foto

Escritora e Poetisa amante da natureza

UMA FOTO EM PRETO E BRANCO

07/03/2014

"SÓ VEJO DESILUSÃO"

Ofereço-lhe um soneto ao qual intitulei: 

"SÓ VEJO DESILUSÃO"

Na imensidão do Universo
Se perdem meus pensamentos!
São eles como meus versos
Perdidos nos idos tempos!

Se  minhas inquirições
No cosmo desaparecem,
Meus versos e minhas canções
No esquecimento fenecem!

Atribulo minha mente
Para plantar a semente
Da PLANTA da inspiração;

Até que há o nascimento
Porém de seu crescimento
Só vejo a desilusão!



Isolino Coimbra







sabedores

Google+ Followers

A FLOR QUE EU ENCONTREI (Flor da Lua).

ACADÊMICA

ACADÊMICA

MULHERES QUE TECEM O MUNDO

MULHERES QUE TECEM O MUNDO

LIDERANÇA PELA PAZ

LIDERANÇA PELA PAZ