Quem sou eu

Minha foto

Escritora e Poetisa amante da natureza

UMA FOTO EM PRETO E BRANCO

02/11/2014

Há sempre uma canção em movimento. (aniversário 2014-3)

recolho a tarde
nos olhos em crepúsculo
defino meu rumo
na encruzilhada do dia-noite
caminho ...
me fascina o vermelho
do horizonte
o dia vivido ...
confesso a mim
confesso ao tempo
confesso ao vento
dou vida aos sonhos ...
ouço a balada do mar
as notas infinitas
o desabrochar
da flor, da noite ...
no mormaço
do final do dia
na distância
entre eu-terra-céu
sinto ...
há sempre uma canção em movimento
na metáfora
do dia que se entrega
da noite que se projeta
do homem que recolhe seus medos
e dorme suas esperanças ...
cavenatti

 (presente de aniversário 02nov2014)

Nenhum comentário:

A FLOR QUE EU ENCONTREI (Flor da Lua).

Seguidores, nao! sabedores, sim!

Google+ Followers